Blog da ABUB

Vida eterna agora

por Jessica Andrade Trindade*

 

E que a eternidade comece agora

A esperança que em nós mora

Renasça do sangue inocente  

Do Cristo na Cruz

 

Que a verdade escorra de meus lábios

E que o meu eu seja com Ele crucificado

Pra viver a vida que começa

Ao Te encontrar

A vida eterna agora

 

Eu não sei o que espera o futuro

Mas eu sei quem é que dita o rumo

Em meu coração há o desejo pela eternidade

E eu almejo enxergar toda a verdade

 

Mas enquanto a vida vai

E o fôlego se esvai

A contagem é regressiva

Ao dia em que o Filho se entregou  

Pra que se torne progressiva

Ao dia em que tudo  

Se renderá ao seu terno juízo em Amor

 

E quando a luz do sol brilhar

Na cidade eterna

Não mais tristeza haverá

A esperança viva está

E pra sempre o cosmo viverá

À luz do Eterno

A eternidade que começa agora.

 

Jessica esteve no IPL 2016: 'A história do Futuro Presente' e escreveu esse poema enquanto se preparava para o treinamento.

Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.