Intercessor

Orando por uma missão criativa

O desafio dos grupos locais da Aliança Bíblica Universitária, de Secundaristas e de Profissionais (ABU, ABS e ABP) em levar o evangelho de Cristo a seus colegas requer um esforço criativo. Ferramentas como o estudo bíblico indutivo (EBI), em que os textos são estudados a partir de perguntas, são úteis no ministério mas nem sempre comunicam bem ou atraem. Em alguns grupos, não cristãos deixaram de frequentar os núcleos de EBI. Como sugere o tema do Dia Mundial do Estudante deste ano de 2018, como você poderia ser um pioneiro no seu campus? Como pode alcançar os não alcançados em seu meio?

Como uma de nossas marcas é a iniciativa estudantil, os próprios estudantes muitas vezes fazem materiais e ações criativas de evangelismo. Vale ressaltar que o enfoque não deve ser alcançar almas com intuito puramente numérico, mas servir à comunidade e criar relacionamentos por amor.

Uma dessas ações criativas é a Semana da Esperança. Como escreveu Tarcísia Duarte em 2015, o evento surgiu em 1998 na ABU Viçosa (MG). Uma pesquisa realizada na universidade havia apontado um alto índice de depressão na comunidade estudantil, o que mobilizou os abeuenses e os estudantes do Centro Evangélico de Missões. Para falar da esperança cristã, eles montaram a semana com palestras, intervenções artísticas, debates, estudos bíblicos etc. A fórmula já foi repetida dez vezes e inspirou outros grupos.

Só em setembro de 2018, por exemplo, moldes diferentes da Semana da Esperança foram realizados na ABU Marília, Ribeirão Preto e Sorocaba (SP) e em Recife (PE) (que ilustra este texto com a foto acima e abaixo). A ABU Itajubá (MG) realiza o evento desde 2016 e prepara mais um para os dias 22 a 25 de outubro de 2018.

Estudante de lá, Emerson Almeida conta que os alunos criaram um grupo no Facebook em 2016 para compartilhar as dificuldades e desabafar. Muitos falavam sobre suicídio e citavam remédios, o que levava outros a se automedicarem. O grupo da ABU percebeu a necessidade de servir e alcançar essas pessoas. “O grupo se uniu no projeto pela saúde da galera, tendo empatia pela necessidade dos outros, muitos dos quais nem conhecíamos”, explica Emerson.

De acordo com ele, a primeira semana aconteceu numa época tensa, durante uma ocupação na faculdade, mas os participantes se sentiam acolhidos e as ações ajudavam a relaxar. “Gente de fora dizia: ‘Esse povo aí, no meio de prova, está preocupado com a gente! Que da hora!’ A galera que participou se sentiu muito abraçada.” Emerson conta como as atividades criativas também o animaram na missão:

“Algumas coisas que fazemos aqui na universidade parecem muito automáticas. Fazemos o EBI, não vai ninguém novo, dá um desânimo. A Semana da Esperança dá muito gás. Falamos de Cristo para a galera, não diretamente ao longo da semana, mas no último dia, no sarau, trazemos a mensagem. Darmos essa atenção reflete Cristo. Mostramos o amor ao longo da semana e falamos diretamente sobre Jesus no último dia.”

A atitude do grupo da ABU Itajubá alertou a universidade para a necessidade dos estudantes e a instituição desenvolveu a área de psicologia. Além disso, a ABU conseguiu se integrar com outros grupos e continua o trabalho anualmente. “[Seguimos] para colher mais frutos. Todo ano entra gente com carência de atenção”, conta Emerson.

A inventividade, para citar outros exemplos, também já impulsionou diversos grupos a realizarem acampamentos evangelísticos, fóruns literários, palestras como os encontros "Fé e Saber" e festivais, como o Mira!. Algumas ferramentas, como a peça Experimento Marcos, também dão gás ao ministério estudantil e podem inspirar outras produções artísticas.

Por iniciativas como estas, queremos convidá-los a orar por criatividade e materiais criativos no evangelismo dos grupos de ABU, ABS e ABP. Cremos que Deus é quem nos inspira e ensina a alcançar nossos colegas, ele é quem nos deu criatividade e seu Espírito Santo nos guia ao criarmos novas iniciativas ou materiais para a obra missionária.

Ore...

  • ...pelos frutos das Semanas da Esperança de setembro e pelas atividades em Itajubá (MG). Lembre-se de interceder pela equipe, pelos participantes e pelos frutos do trabalho missionário.
  • ...para que os abeuenses, abessenses e abepenses tenham real interesse pelo seu meio e dialoguem com seus colegas, alcançando-os sem se alienar da realidade que os cerca.
  • ...para que Deus dê talento e criatividade aos estudantes missionários e que os inspire a produzir materiais novos e relevantes, ações e eventos de evangelismo estudantil. Por mais criatividade e produção local em nossa missão! Por mais arte missionária!
  • ...para que estes trabalhos criativos cheguem nos espaços em que ainda não estamos e estenda o alcance da ABUB para que mais vidas sejam transformadas!

Ore no dia 19 de outubro: Dia Mundial do Estudante!

Interceda na terceira sexta-feira do mês pelas iniciativas pioneiras tanto no Brasil (novos campi, novas cidades) quanto no mundo. Este é o tema do Dia Mundial do Estudante neste ano. A data, organizada pela Comunidade Internacional de Estudantes Evangélicos (IFES, na sigla em inglês), a qual somos filiados, tem por objetivo reunir em oração os participantes e apoiadores da missão estudantil em todo o mundo. No site (em espanhol, inglês e francês), é possível ler mais sobre o assunto, informar sobre sua reunião de oração que ficará visível no mapa, enviar pedidos para os cartões de oração e pesquisar pedidos de oração. Participe!