Notícias

O que a ABUB tem feito no Conjuve?

Um introdução sobre nossa atuação no Conselho.

por Pedro Grabois
Representante da ABUB no Conselho Nacional de Juventude 
   
“Jesus ia passando por todas as cidades e povoados, ensinando nas sinagogas, pregando as boas novas do Reino e curando todas as enfermidades e doenças.” (Mateus 9: 35)

A própria Bíblia nos mostra o quão integral – e até mesmo plural – era o ministério de Jesus. O texto de Mateus segue dizendo que Jesus teve compaixão das multidões. As ações de Jesus refletem algumas importantes dimensões da nossa co-missão à luz do Reino de Deus. De acordo com o texto bíblico é preciso percorrer cidades e povoados, ensinar, pregar as boas novas e curar TODAS as enfermidades! Isso dá um estudo bíblico e tanto, mas isso fica para outro momento. Vamos agora falar da ABUB e sua relação com as políticas públicas de juventude brasileira.

A ABUB no Conjuve - Como muitos sabem a ABUB participa já há alguns anos do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve). O Conjuve – vinculado à Secretaria-Geral da Presidência da República – é um espaço plural de diálogo do Governo Federal (20 representações de secretarias e ministérios) com a Sociedade Civil (60 organizações dividindo 40 cadeiras).

A ABUB no Conjuve tem uma oportunidade única de estabelecer, em âmbito nacional, um contato direto com uma série de organizações que atuam com juventude das mais variadas formas. Cada grupo no Conjuve reúne, mobiliza e trabalha com jovens em torno de um recorte específico, empoderando-os para que eles próprios façam valer seus direitos através da formulação e monitoramento das medidas que o governo implementa e que atingem direta ou indiretamente os jovens brasileiros (de 15 a 29 anos).  As políticas públicas são assim formuladas e avaliadas conjuntamente pelo governo e pela sociedade civil: este é o papel do Conjuve! A ABUB é uma das organizações que compõem o que chamamos de “segmento religioso” do Conjuve, dele também fazem parte: a Rede Fale, a Rede Ecumênica da Juventude (REJU), a Juventude Batista Brasileira (Jumoc) e a Pastoral da Juventude (PJ). Mas nosso movimento dialoga também com outros segmentos da juventude. Não somos apenas jovens religiosos, somos também negros, indígenas, trabalhadores, mulheres, etc. Aliás, um dos grandes potenciais da religião e da igreja evangélica no Brasil é que ela reúne transversalmente praticamente todos os segmentos sociais dentro de si. Falaremos mais sobre isso em outro texto.

(foto: Pedro Grabois e Ângela Guimarãe,  Secretária Adjunta da Secretaria Nacional de Juventude)

A ABUB no Conjuve, além de dialogar com outros segmentos da sociedade, acompanha discussões bastante complexas e interessantes que envolvem uma série de programas do Governo e que atingem milhões de brasileiros.

O Conjuve tem discutido, entre outras coisas, a questão da comunicação como direito. Neste sentido, a campanha da sociedade civil “Banda Larga é um Direito Seu!” defende uma Internet barata, de qualidade e para todos e acompanha diretamente o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), tecendo críticas muito interessantes ao projeto do governo. O PNBL do Governo Federal  e a Campanha da sociedade civil . Qual estudante universitário vive hoje sem Internet? Acesse os links e saiba mais!

2 Comentários

Iniciadas em todo Brasil as

Iniciadas em todo Brasil as conferências municipais e estaduais de juventude: http://www.youtube.com/watch?v=lFjjjp_76P8 (Entrevista com Ângela Guimarães)

Iniciadas em todo Brasil as

Iniciadas em todo Brasil as conferências municipais e estaduais de juventude: http://www.youtube.com/watch?v=lFjjjp_76P8 (Entrevista com Ângela Guimarães)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.