Como foi nossa missão em 2017

"Pois, pela graça de Deus, sou um mensageiro da parte de Cristo Jesus a vocês, os gentios. Anuncio-lhes as boas-novas pra que se tornem oferta aceitável a Deus, separados pelo Espírito Santo. Tenho motivo, portanto, para me entusiasmar com o que Cristo Jesus tem feito por meio do meu serviço a Deus. E, no entanto, não ouso me vangloriar de nada, exceto do que Cristo fez por meu intermédio a fim de conduzir os gentios a Deus por minha mensagem e pelo meu trabalho" (Romanos 15:15b-18; NVT).

Como Paulo, temos motivos de muita alegria e do que nos orgulhar pelo que Cristo tem feito por meio do nosso trabalho. Temos contentamento em cumprir obedientemente o chamado de Deus. Ele, por sua graça, nos deu o privilégio de ser parte da sua obra redentora.

Por intermédio do que Cristo fez em nossas vidas, podemos anunciar as boas novas, exercendo o sacerdócio universal para que outros creiam e sejam sacrifício suave a Deus. Por meio do poder do Espírito Santo, queremos continuar anunciando as boas novas no meio estudantil e profissional. E vocês também podem ter a oportunidade de continuar sendo suporte e auxílio para este ministério.

Com alegria, queremos compartilhar um pouco daquilo que Deus fez no nosso meio em 2017, bem como contar-lhe como usamos os recursos que recebemos para que a obra fosse possível.

 

1. Números na ABUB

Terminamos o ano de 2017 com 146 grupos filiados à ABUB. Destes:

- 115 são Alianças Bíblicas Universitárias (ABU);

- 22 são Alianças Bíblicas de Secundaristas (ABS);

- 9 são Alianças Bíblicas de Profissionais (ABP).

Entre os grupos filiados pode haver alguns inativos, que não estão em funcionamento.

Há também mais 26 grupos ativos em estruturação ou processo de filiação.

Somando todos, filiados e ainda não filiados, estamos em 135 cidades brasileiras.

Clique aqui para ver mais detalhes do mapa acima.

Hoje temos por volta de 300 núcleos (grupos pequenos) que se reúnem nas universidades, escolas e entre profissionais.

 

2. Lideranças estudantis regionais e assessoria auxiliar

Os assessores auxiliares são profissionais que se dedicam voluntariamente para ajudar no trabalho regional. Eles acompanham grupos locais e auxiliam nos encontros de formação junto ao obreiro regional, o assessor que dedica tempo integral ou parcial ao ministério. Terminamos 2017 com 50 assessores auxiliares.

Também tínhamos ao final do ano 66 diretores regionais, dentre os quais a maior parte são estudantes. Eles servem em suas respectivas regiões, junto com os assessores auxiliares e os assessores da região.

 

3. Assessores regionais e nacionais da ABUB

Hoje temos uma equipe de 20 assessores, também chamados de obreiros, que trabalham de tempo integral ou parcial na ABUB. São:

a) Dez obreiros de campo nas regiões:

- Dois obreiros na região Nordeste trabalhando de tempo parcial, Gilvânia e Felippe.
- Dois na região Minas Gerais de tempo integral e parcial, Karen e Heitor;
- Dois na região São Paulo e Mato Grosso do Sul (SP/MS) de tempo integral, Pedro e Josué;
- Um na região Leste de tempo parcial, Pablo;
- Uma na região Norte de tempo integral, Consuelo;
- Uma na região Centro-Oeste de tempo integral, Jéssica Ribeiro;
- Um na região Sul de tempo integral, Thiago.

b) Uma obreira nacional servindo o ministério com estudantes do ensino médio (ABS), Lia do Valle;

c) Quatro no escritório nacional:

- Assessoras de Administração, Cássia e Natália;
- Mobilização de Recursos, Tályta;
- Comunicação e Arte, Jessica Grant.
 

d) Cinco na secretaria executiva da ABUB:

- Secretária Geral, Sarah;
- Secretários de Formação, Ivanilsa e Natan;
- Secretária de Administração e Comunicação, Giovanna;
- Secretária de Engajamento Missionário, Morgana.

4. Nossas Finanças


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pela graça de Deus, e de forma surpreendente, temos sido supridos nas nossas necessidades financeiras ano após ano, ainda que tenhamos previsões orçamentárias negativas. Cremos que o Senhor é quem continua provendo e oramos pelo "pão nosso de cada dia" (Mateus 6:11).

Para 2018, os desafios financeiros permanecem a medida que a iniciativa estudantil cresce. Há uma necessidade real de mais obreiros, bem como de compromissos mensais de ofertas para o trabalho nas regiões pioneiras e para a equipe nacional. O desafio de 2018 é ampliar nosso suporte de contribuições em R$ 8 mil mensais para manter o trabalho de cinco obreiros da equipe nacional e de dois regionais, que poderão sofrer uma redução na carga horária de trabalho.

Veja abaixo (ou aqui) um vídeo feito pela nossa secretária de comunicação e administração sobre esse desafio:


5. 2017 em cada uma de nossas frentes de trabalho

Veja também as prestações de contas dos anos anteriores:

Reforma do escritório nacional
Prestação de contas de 2016
Prestação de contas de 2015
Prestação de contas de 2014

Agradecemos por seu apoio e oração.
Qualquer dúvida ou sugestão, por favor escreva para talyta@abub.org.br.