Intercessor

junho de 2018

Descanso em épocas tensas

Provas, trabalhos, ansiedade e noites mal dormidas (se é que é possível dormir): o período final de um semestre pode ser muito estressante para o estudante. Como um movimento estudantil, este é um momento especial para a missão. É uma oportunidade para os núcleos da Aliança Bíblica Universitária e de Secundaristas (ABU e ABS) alcançarem os estudantes com a graça de Jesus e a perspectiva eterna da vida plena – além de relembrarem a si mesmos da paz e do fardo leve de Deus.

Na pesquisa que fizemos entre alguns participantes do movimento em 2017, publicada no informativo Entre Nós, os sonhos e medos desta geração de estudantes estão ligados a suas perspectivas de sucesso e fracasso. Anseiam por uma boa caminhada profissional e financeira, uma boa nota no Enem ou o diploma da graduação em mãos, e por isso temem não terminar os estudos, não terem ou perderem emprego e se frustrarem na profissão. Na reportagem, Marcus de Oliveira, da ABU Goiânia (GO), resumiu o que seus colegas encaram na universidade em termos emocionais: "Depressão, pressão, ansiedade, desânimo, medo".

Entre as pressões e incertezas, o cansaço é uma sensação comum. Especialmente quando todo o conteúdo do semestre ou bimestre é avaliado em poucos dias, seja com provas ou trabalhos. O formato de avaliação da educação brasileira cria situações de competição e cobranças que não são saudáveis.

Por isso que Luana Rocha, recém-graduada que participou da ABU Salvador (BA), decidiu agir no fim de um semestre pós-greve em 2017. Ela estudou direito na Universidade Federal da Bahia (UFBa) e, ciente da pressão de uma semana de provas e dos impactos do momento na saúde mental dos estudantes, colou cartazes com mensagens de apoio. "Toda dor é por enquanto" e "sua saúde mental vale mais que uma nota" foram algumas das palavras que tranquilizaram estudantes em meio a ansiedade e trouxeram a atenção de muitos para a existência de um núcleo de ABU naquela faculdade. Contamos mais sobre esta história aqui.

Como o evangelho pode responder às angústias nesse período tenso do ano escolar?

"Naquela ocasião, Jesus disse: “Eu te louvo, Pai, Senhor dos céus e da terra, porque escondeste estas coisas dos sábios e cultos, e as revelaste aos pequeninos. Sim, Pai, pois assim foi do teu agrado.

“Todas as coisas me foram entregues por meu Pai. Ninguém conhece o Filho a não ser o Pai, e ninguém conhece o Pai a não ser o Filho e aqueles a quem o Filho o quiser revelar.

“Venham a mim, todos os que estão cansados e sobrecarregados, e eu darei descanso a vocês. Tomem sobre vocês o meu jugo e aprendam de mim, pois sou manso e humilde de coração, e vocês encontrarão descanso para as suas almas. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”' (Mateus 11:25-30).

Jesus cita que Deus revelou sua mensagem "aos pequeninos" e que através dele, o Filho, o Pai se torna conhecido. Depois faz o convite: "Venham". Ele convida aqueles que já não aguentam mais, que estão exaustos, a encontrar nele descanso.

O descanso não vem vazio, vem com a revelação de Deus e com o aprendizado através de Jesus. Vem com o chamado de dependermos dele, de nos submetermos a ele (o jugo é peça de madeira que atrela os bois à carroça). Esse chamado, esse aprendizado e essa revelação não são iguais ao cansaço, à pressão e ao peso da vida de antes. A revelação de quem é Deus, o conhecimento por meio de Jesus, e não do acúmulo da sabedoria deste mundo, traz leveza e suavidade. Perante a mensagem leve de Jesus, que na cruz deu fim ao nosso fardo mais profundo, podemos deixar para trás as ansiedades e os medos tão comuns no meio escolar e acadêmico.

Vamos interceder para que a missão neste fim de semestre seja leve?

  • Apresente a Deus o formato de avaliação do sistema educacional brasileiro e suas consequências -- pressão, competição, ansiedade. Que todos os estudantes possam ter a percepção profunda de, mais importante do que suas notas, são suas vidas e sua saúde mental.
  • Ore pelos estudantes cristãos que participam da ABUB, para que eles descansem no Cristo que já conhecem e não se afoguem em meio às tensões do fim de semestre; para que a perspectiva eterna preencha a mente deles neste período e ilumine a forma como levam suas vidas escolares, acadêmicas e profissionais. Ore para que eles sejam sábios e busquem apoio se precisarem, principalmente aqueles que enfrentam questões de saúde mental.
  • Interceda pelos grupos locais, para que observem seus contextos e atuem servindo de maneira relevante à comunidade acadêmica, levando a mensagem suave do evangelho para aqueles que necessitam. Peça que Deus lhes dê ideias criativas, para que possam apoiar seus colegas e ajudá-los nos estudos, no autocuidado e na saúde mental. Também peça que o Senhor lhes dê sensibilidade ao lidar com seus colegas.
  • Muitos grupos locais não conseguem manter os núcleos de estudo bíblico ativos neste período. Ore para que, mesmo sem reuniões, eles continuem atuando como missionários em seus ambientes, levando o Reino de Deus para onde estiverem.
  • Ore pelos estudantes não cristãos, para que abram seus corações para o fardo leve. Peça que Deus coloque abeuenses e outros em seus caminhos que possam ser bênção em suas vidas, ajudando-os neste período turbulento.