Noticias

Boletim Literário: CS Lewis e o mundo fantástico

Primeiro boletim literário da ABUB Minas Gerais.

 

O boletim literário, tem por objetivo incentivar a literatura e a arte na região. Será publicado mensalmente no site e divulgado no Instagram, contendo resenhas e demais produções artísticas, reflexões e outros materiais de estudantes e profissionais do movimento. Este é um espaço feito para todas e todos. Entendemos que a arte também é uma manifestação do evangelho e que se somos feitos a imagem do Criador, somos chamados para a criatividade.


Vinícius Berto, 22 anos,  estudante de Engenharia Mecânica do grupo local de Itabira é o precursor deste projeto. Prontamente se dispõe a escrever e contar um pouco para nós como é a sua relação com a literatura. 

“Sou bastante fã de literatura fantástica. Sempre que posso, viajo para Terra Média, Nárnia, Westeros. Já roubei tesouros de dragões, destronei rainhas de gelo, destruí objetos amaldiçoados e participei de festas de casamento sangrentas. Parece que somos atraídos por essas aventuras fantásticas, somos impelidos em busca de belezas e mistérios que não estão disponíveis em nossa realidade e fico me perguntando o porquê disso tudo. 

Um grande autor chamado CS Lewis, conhecedor desses mundos fantásticos, disse certa vez que esses tais desejos, que não podem ser plenamente satisfeitos por nenhuma experiência desse mundo, são indicativos que fomos feitos para outro mundo, para outra realidade. Não que as belezas disponíveis aqui sejam, de alguma forma, desprezíveis, muito pelo contrário, elas são ecos de uma realidade que era, é e se foi, e têm por objetivo nos despertar para a verdade. Essa verdade, esse algo a mais que buscamos, esse sentido e beleza revelados parcialmente pelas fábulas, músicas e artes, se encontra, segundo a Bíblia, em um Deus que a gente não pode ver ainda. Esse mesmo Deus é Rei, não desses reis maus que subjugam os fracos e desprezam os pedintes, mas um Rei bom, tão bom que enviou seu próprio Filho, Herdeiro de todo cosmos, para nos livrar da miséria que nos encontramos (que foi causada por nós mesmos) e nos tornar dignos de ser chamados Filhos de Deus. A Bíblia também nos ensina que não podemos fazer nada para merecermos essa herança amorosa, que ela vem de graça e é a própria Graça. Cristo, o Rei e Senhor, nos convida a adiantar esse Reino futuro e manifestar, neste mundo, a realidade do próximo mundo. Ele nos convida a olhar para pessoas com interesse e empatia, a admirar a natureza com respeito e espanto, a aproveitar a caminhada e chamar mais gente a participar dessa nova Vida que vem através do arrependimento para fé. Ele mesmo, o Rei diferente que se fez servo para redimir o mundo, nos ensina a viver assim e nos convida a alegria verdadeira na esperança que, um dia, nos sentaremos com ele para festejar no Reino que é futuro e eterno, mas que começa aqui."


Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.