Notícias

Depoimentos dos nortistas do maior evento de formação de 2018

Dois estudantes contam como as exposições do Instituto de Preparação de Líderes os marcaram

No mês de janeiro e fevereiro, em Vila Velha (ES), foram realizados eventos de formação e, dentre eles, o Instituto de Preparação de Líderes (IPL). Entre os dias 14 de janeiro a 1º de fevereiro, os estudantes foram convidados a mergulhar no Evangelho de Lucas. Diversas atividades externas envolvendo grupos de trabalho nas igrejas e comunidades do estado do Espírito Santo foram realizadas pelos estudantes. 

Com o tema “Riquezas Reais” e reflexões acerca do dinheiro, ganância e cobiças humanas, os estudantes compartilharam sobre quais exposições que mais lhe marcaram durante o evento e as mudanças que foram ocasionadas por isso.  

  

“Eu sou muito grata a Deus por essa maravilhosa oportunidade, eu não tenho dúvidas de que foi ele que me permitiu esse feito. As exposições, que belas, nunca me esquecerei de tão belas exposições, vi Deus falando comigo o tempo todo através delas. Em especial a exposição de Heitor [Barboza, obreiro de Minas Gerais] sobre o filho pródigo – cara, o que foi aquilo –, foi um despedaçar de velho homem, quando ele falou sobre o dever do filho mais velho buscar o mais novo, e que muitas vezes somos o filho mais velho sem querer receber o mais novo, ou somos o mais novo indo e vindo da presença do pai. E até que ele falou o que mais me doeu, que o pai não só foi atrás de nós, como também enviou o filho mais velho Jesus pra morrer por nós. Outra exposição que me chocou muito foi uma das últimas, o obreiro Felippe [Schmitt, do Nordeste] falando sobre a crucificação de Cristo, de repente ele chama uma recém-formada em medicina pra falar sobre como foi a morte de Cristo. Cara, doeu muito ouvir cada coisa que Jesus passou por mim, novamente fui a lágrimas. Essas duas foram as que mais me marcaram, mas fomos abençoados com excelentes exposições.”

"Aprendi muito no IPL, desde a apresentação, as conversas na hora do almoço, as novas pessoas, as palestras, os silêncios, as orações e até as exortações pessoais. Tudo foi muito bom, muito rico e de muito aprendizado pra mim. Eu aprendi a conviver com pessoas diferentes de mim, meus preconceitos foram quebrados, e a cada exposição era uma parte minha que ia sendo quebrada pra depois ser refeita. Eu chorei muito, e como chorei, eu senti a dor do outro, eu orei mais, eu me senti mais crente (se é que isso é possível), cada palavra doía, me despedaçava, e parece que tudo que acontecia me moldava. Acho que foi isso, o IPL foi um molde, a cada coisa que acontecia era um moldar de Deus.” - Noeme Silva – ABU São Luís

 

“O que falar do IPL? Acredito que devo começar falando de toda dificuldade para chegar até lá, desde as leituras até todo trabalho para conseguir a grana. Vi que desde o início Deus estava na direção de tudo. Uma experiência maravilhosa. Fazer amigos de diversas regiões do Brasil e até de outros países, todos com suas peculiaridades, mas todos com a unidade em Cristo. Aprendi muito com as conversas, risadas e cuidados. Amigos que levarei para a vida toda. Cada conteúdo estudado foi de muito proveito. É difícil dizer qual exposição gostei mais. Porém, o que fica na memória é a primeira abordagem do livro de Lucas, mostrando suas peculiaridades e objetivos, o nascimento de Cristo, os milagres e feitos de Jesus, o desapego material (o que mais tocou no meu coração e me fez refletir muita coisa em minha vida), como devo confiar no Deus da missão, a análise com outro olhar da parábola do filho pródigo, a mensagem sobre a morte de Cristo (com uma análise técnica de tudo que ele sofreu) e o fim com a ressurreição e encontro com os discípulos. O que eu levo de principal aprendizado do IPL é o desapego material, a futilidade do meu modo de viver, como eu devo ajudar as pessoas e continuar profanando mamom!Pedro Ferrão- ABU Picos

 


Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.