Notícias

Que venham os desafios!

Compartilhar do assessor Felippe Schimtt sobre o V Encontro Regional de Profissionais

Aos irmãos e irmãs que amam a Obra Missionária!

A Paz do Senhor para todos!

Estive de férias no mês de janeiro de 2014 e por isso mando meu compartilhar ministerial agora, em fevereiro.

Sempre tenho compartilhado as demandas e viagens ministeriais em meus relatórios, mas, dessa vez, optei por escrever sobre o V Encontro de Profissionais do Nordeste para que todos possam desfrutar um pouquinho da preciosidade que foi o nosso último encontro. Acredito ser encorajador para que estudantes e profissionais continuem a desenvolver o seu chamado missionário.

O Encontro da Aliança Bíblica de Profissionais (ABP) do Nordeste aconteceu no final de novembro e início de dezembro de 2013, em João Pessoa (PB), na Pousada do Caju D’Charm, na praia do Cabo Branco. Quarenta profissionais do nordeste ficaram hospedados com seus filhos e muitos profissionais da cidade participaram sem estarem hospedados. Ao todo, 60 profissionais se fizeram presentes.

A temática do encontro foi: Desafios para uma Geração. Na primeira noite deu para sentir um pouco do que cada profissional tem como desafio para sua vida e ministério. Tivemos um tempo de compartilhar e apresentação, e cada um falou dos desafios que enfrentam como cristãos. No dia seguinte, começamos a programação com a ajuda do nosso irmão Pierre, de João Pessoa, fazendo na hora da devocional um exercício de Lectio Divina (Lectio Divina vem do latim e significa “leitura divina”, “leitura espiritual” ou ainda “leitura orante da Bíblia”). Pierre deu uma introdução de 10 minutos sobre o exercício da devocional e posteriormente cada um foi desenvolvendo a sua, ele se utilizava de um sino que a cada tempo tocava, como uma espécie de chamamento para a alma, bem interessante.

Em seguida, houve a primeira palestra da manhã com nosso irmão Dieter Brepohl trazendo a temática do desafio da evangelização, o texto base foi 2 Timóteo 4:1-5. Inicialmente ele traçou um panorama das características de cada geração vinda do pós-guerra até os dias atuais e nos desafiou através das escrituras em obedecer a recomendação que Paulo dá a Timóteo na carta: pregue a palavra, esteja preparado a tempo e fora de tempo, repreenda, corrija, exorte com toda a paciência e doutrina. Ele enfatizou que o "a tempo" é uma evangelização contextualizada que fala e introduz melhor o evangelho no momento em que cada geração está vivendo. E que o "fora de tempo" é uma evangelização muito necessária, quando ela tem que ser falada e não agrada ou é aceita pela geração que a ouve. As duas formas andarão juntas em nossa caminhada evangelizadora. Muitos profissionais cristãos com o passar do tempo esfriam o ardor da comunicação da mensagem do evangelho aos seus colegas. Percebo isso no dia-a-dia ministerial. Um desafio enorme é que grupos de ABP’s no Brasil sejam também evangelizadores, esse é o ponto principal a ser melhorado na ABP.

À tarde, o tempo foi todo livre para lazer e descanso. À noite, houve um culto celebrativo, em que profissionais e estudantes da ABU, da cidade de João Pessoa, se fizeram presentes. O culto começou com testemunhos do trabalho da ABP Salvador (BA), ABP Aracaju (SE) e ABP Natal (RN). Foi lindo perceber o impacto social destes grupos na vida das pessoas mais carentes, doentes e necessitadas da sociedade.

Percebi que a ABP Nordeste tem se preocupado mais em apoiar trabalhos de caráter social, dando assistência às necessidades de algum trabalho que já existe. É algo do Senhor. Como é saudável esse tipo de exercício, em que profissionais cristãos continuam sensíveis às necessidades do nosso mundo. A ABP também tem estado junto da ABU e da ABS, caminhando com os estudantes e promovendo a missão estudantil. Oremos, irmãos, pela ABP, para que Deus renove, fortaleça, inspire, sustente e faça da ABP um ministério firmado na rocha, que é Cristo.

O culto da noite terminou com a mensagem trazida pelo pastor Zwinglio, de Natal. Ele começou lamentando a perda de Robinson Cavalcanti e sua esposa, Miriam. Depois de um grande período de silêncio pessoal sobre o assunto, pela primeira vez, em público, enfatizou como é valiosa a sua contribuição para a igreja evangélica brasileira. Em seguida, Zwiglio falou dos desafios para a nossa geração, utilizando os livros A Verdade do Evangelho, de John Stott, e Ortodoxia, de G. K. Chesterton. Ele enfatizou o amadurecimento pessoal e apelo de Stott às futuras gerações para que guardem e proclamem as grandes verdades do evangelho que permanecem inalteradas. Do outro, falou sobre o desafio de não separarmos as virtudes e caminharmos nos extremos delas, resgatando que o cristão tenha o cuidado em não fazer dissociações na sua caminhada entre Fé e Obras, Lei e Graça, Eleição de Deus e Responsabilidade do homem, e Amor e Justiça. Usando suas palavras:

A percepção de que o Jesus Cristo Deus e o Jesus Cristo Homem encerrava um mistério, e que as duas verdades (paradoxo) não poderiam ser separadas, nem entendidas (razão), levou-me a abordar as virtudes cristãs sob esta mesma perspectiva: o mistério, o paradoxo, o que não se pode separar."

Ele concluiu falando que o desafio da igreja contemporânea continua inalterado – Mateus 28:16-20: o de fazer discípulos e o de ensinar discípulos. O desafio consiste em manter simultânea e equilibradamente as duas determinações do nosso Senhor Jesus Cristo. É possível que a igreja contemporânea esteja negligenciando o ensinar e o conteúdo do ensino.

A noite terminou com uma confraternização entre as gerações de profissionais e estudantes.

Na manhã de domingo, começamos com a segunda palestra do nosso irmão Dieter falando de alguns desafios, entre eles, como lidar com o aumento da riqueza material da igreja. Pensando e entendendo que a riqueza e a evolução em diversas áreas também são bençãos de Deus para o mundo, como nós cristãos devemos nos comportar diante delas. Ele utilizou vários textos do evangelho falando sobre riqueza, concluindo que o acúmulo para si é o grande perigo. A riqueza deve ser compartilhada. Após ter trabalhado durante 25 anos como obreiro da ABU, Dieter e sua esposa dirigem um spa, no Paraná, que é referência na América Latina. Sua apresentação de slides demonstrou como tem aplicado princípios bíblicos na condução e gerenciamento desta empresa. Foi muito interessante ver um modelo cristão de gerenciamento dentro do mundo secular empresarial.

Aconteceram oficinas no final da manhã do domingo: uma sobre como as famílias cristãs podem ser benção para nosso mundo, ministrada pela Margareth Brepohl (esposa do Dieter); outra sobre como lidar com o dinheiro, com nosso assessor da ABU Natal, Daniel Brandão; outra sobre "Arte e Espiritualidade" - utilizando o livro A Volta do Filho Pródigo, de Henri Nouwen, e o quadro Filho Pródigo, do artista holandês do período barroco, Rembrandt -, ministrada pela nossa irmã Eunice, de João Pessoa; outra sobre "Espiritualidade, Cidadania e Ética", ministrada pelo pastor Jonas Junior, que cuida de uma casa de abrigo para crianças e adolescentes, da Primeira Igreja Batista de João Pessoa; e Carlos Júnior, da ABP Natal, ministrou sobre "Vocação, Fé e Trabalho", baseado no livro Escreva sua Assinatura no Universo, de Darow Miller.

No fim, cada estado representado pelos profissionais presentes marcou uma reunião para encontrarem-se num pós-evento, pensarem e orarem pelo trabalho da ABP em sua cidade.

Celebramos a ceia do Senhor dirigida pelo pastor Gustavo, de João Pessoa, e que mora em São Paulo, e o pastor Zwinglio.

Dias de muitos desafios, comunhão, renovação espiritual e reencontros marcaram este encontro da ABP. Como foi bom estar com o Dieter e a Margareth! Ficamos felizes, pois, depois de muitos anos, eles voltaram a João Pessoa e ao nordeste. Somos muito gratos a Deus por todos os participantes e apoiadores deste encontro. Percebo que vale muito a pena esses momentos, saímos fortalecidos e mais motivados aos enfrentamentos que a vida cristã nos exige. Sabendo que o corpo de Cristo precisa estar junto, isso fortalece de sobremaneira nossa missão. Que venham os desafios!

Esperamos rever todos novamente e vermos mais profissionais no próximo Encontro da ABP! Aguardem!

Forte e Fraterno abraço!

Em Cristo

Felippe Schmitt

Assessor ABUB NE

Nenhum Comentário

Comentar

O conteúdo deste campo é privado não será exibido ao público.
CAPTCHA
O teste abaixo serve para verificar se você é um ser humano e para prevenir submissões automáticas de spam.